EDUCAÇÃO FÍSICA, CORPO E SAÚDE: UMA REFLEXÃO SOBRE OUTROS “MODOS DE OLHAR”

Alexandre de Palma

Resumo


O objetivo deste ensaio é discutir o papel da educação física voltada para saúde, a partir de reflexões sobre o cenário social em que se encontra o mundo contemporâneo, suas repercussões sobre o corpo e práticas de intervenção; os conceitos de saúde; e, o modelo de investigação científica hegemônico. O estudo, então, vai desvelando algumas “verdades” características de quem opera com o discurso de base quantitativa, quais sejam: a) a redução do fenômeno a uma determinação biológica; b) a desconsideração da história coletiva; e, c) a culpabilização do indivíduo frente aos problemas de saúde e aptidão física. Por fim, propõe-se que a relação educação física-saúde seja abordada através de novos “olhares”, atentos às incertezas e complexidades do processo.


Texto completo: PDF

Indexadores

WEB OF SCIENCE (ISI)SCIELO
LILACS LATINDEX

Bases de dados

Portal de Periódicos da CAPES DOAJ PKP ULRICHS WEB LiVre CCN



ISSN (Impresso) 0101-3289; ISSN (Eletrônico) 2179-3255
A RBCE On-line é uma publicação do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE).
Este site é melhor visualizado utilizando os navegadores Mozilla Firefox ou Google Chrome.